Não Vivo Sem Cosméticos

Você está aqui: Home Cabelos No-poo, low-poo

No-poo, low-poo

06 Mar
Imagem: thephoenix.comMesmo sem desconfiar do que seja o movimento "no-poo, low-poo", meu cabeleireiro acertou na mosca ao indicar a suspensão por uns 15 dias do uso de xampu após o relaxamento. Lembro que achei bem estranho lavar os cabelos só com condicionador, mas o resultado foi ótimo! Isso aconteceu há seis anos, mas só agora descobri que existe um movimento surgido aparentemente nos EUA que prega abolir e diminuir o uso dos xampus.

Tem até um livro feito para mulheres de cabelos crespos e cacheados, para quem tais práticas são mais indicadas (já que os crespos costumam ser mais secos e armados). O título da obra é Curly Girl, de Lorraine Massey and Deborah Chiel. Custa por volta de R$ 30 na Saraiva (sem o frete). Entre várias dicas de cuidados com esse tipo de cabelo está o no-poo, na qual dispensa-se o xampu e utiliza-se um condicionador livre de silicone e óleo mineral nos cabelos bem molhados, friccionando bem o couro cabeludo para remover as impurezas. Após o enxágüe, aplica-se novamente condicionador, dessa vez no comprimento e pontas, e pronto!

O low-poo é menos radical e indicado para quem não consegue eliminar totalmente o xampu, vive em cidades quentes ou pratica exercícios físicos com regularidade, o que aumenta a oleosidade no couro cabeludo. Mas o produto é usado apenas uma vez por semana ou a cada 15 dias. Nos demais dias, usa-se o condicionador para lavar o cabelo como descrito acima. Se houver necessidade de uma limpeza mais profunda nos intervalos, a sugestão das autoras é usar uma solução de bicarbonato de sódio ou fermento químico (uma colher de chá em um copo pequeno de água), mas isso aí eu não testei!

Aderi ao low-poo na semana passada: eu havia lavado o cabelo (com xampu, máscara, tudo direitinho) há uns dois dias e precisei lavar de novo porque tinha um compromisso logo após fazer atividade física. Sabia que o resultado seria um ressecamento fatal no dia seguinte e não hesitei: nada de xampu, só condicionador. Foi a melhor coisa que fiz, pois ficou limpo, hidratado, deu um brilho legal e ainda definiu melhor os cachos diminuindo o volume.

Tem outra vantagem para as donas de cabeleiras crespas: dá para lavar os cabelos com mais freqüência, especialmente no verão. É claro que no caso de ir à praia, piscinas e tal, é bom utilizar xampu para retirar os resíduos, mas diminua a quantidade ao mínimo possível e veja os resultados. Outra coisa: tem tanta gente falando mal dos ingredientes usados em cosméticos (os não naturais nem orgânicos), que dá até um mal-estar ao ler a composição nas embalagens (amanhã deixarei aqui a "lista negra" dos compostos proibidos pela Anvisa e outras informações úteis sobre isso).

Querem mais? Leiam o depoimento (em inglês) da freelancer Audrey Schulman, do semanário The Phoenix, de Boston, sobre a experiência "The no-'poo Do" e naveguem no site feito especialmente para as que não abrem mão de seus cachos. Pensem a respeito... e boa sorte!
Andréa da Luz

Bem-vindo ao Não Vivo sem Cosméticos, projeto da jornalista e engª química Andréa da Luz, no ar desde 2007. Acompanhe-nos também pelo Twitter, Facebook e Youtube!

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar