Não Vivo Sem Cosméticos

Você está aqui: Home Dicas de Beleza Afro natural: secando solto sem texturização

Afro natural: secando solto sem texturização

20 Nov

Resultados de um cabelo afro tipo 4C, sem química, secando sem o uso de penteados protetores.

Olá, pessoal! Para quem acompanha meu canal no Youtube, sabe que em 2011 resolvi abolir o uso das químicas de relaxamento e assumir meu afro natural. Já faz 2 anos e 2 meses desde a última química e 1 ano e 8 meses desde o big chop (grande corte para retirar os resquícios de alisamento, veja o vídeo aqui), mas esta é apenas a segunda vez que experimento deixar o cabelo secar solto, sem fazer tranças ou twists. Sou muito apegada ao comprimento, hahaha.

Eu queria ver até onde ia o encolhimento, o ressecamento e a definição dos cachos, afinal os cabelos do tipo 4C, como o meu costumam ser tachados de "sem cachos". Então, quer saber no que deu? Vou descrever o que fiz em etapas e vocês acompanham nas fotos também:

1- Lavei com xampu Hidratação Reparadora Natura Plant, em seguida enxaguei e lavei com a máscara antirresíduos Banho de Gelo da Haskell. Enxaguei.
2- Fiz uma hidratação/nutrição com o creme Aloe Vera da Kanechom + óleo de oliva (o creme contém ainda colágeno e elastina e é indicado para cacheados, mas como não sinto muita emoliência com ele adicionei uma colher de sopa de óleo de oliva extravirgem). Enluvei mecha a mecha e deixei por 45min. Enxaguei na água fria e ficou assim, bem definido, com os cachinhos caindo na testa! Na foto à direita dá para vê-lo não tão encharcado, mas ainda sem creme de finalização.

3- Finalizei enluvando mecha a mecha (tamanhos médios, não usei pente, dividi com a mão para evitar abrir demais os cachos) primeiro passando o Leave in Ativador Forte Sou + Cachos da Yenzah e, logo em seguida, passei por cima o Umidificador hidratante Redutor de Volume da Capicilin (ele é bem líquido, quase um gel) e ainda um pouco de óleo de coco extravirgem da marca Copra para selar a hidratação e as pontas. Prendi a parte da frente com esses clipes para evitar que encolhesse demais durante a secagem. Amei o resultado!!! Ficou bem definido, com brilho e macio, mas claro que encolheu MUITO MAIS do que se tivesse feito tranças ou twists.
4- Como o cabelo não secou até próximo da meia-noite (já eram 19h quando terminei), resolvi fazer twists (ou trança de dois) grossos para evitar embolar durante o sono. No dia seguinte, desmanchei e achei que consegui evitar um grande ressecamento. Ganhei volume e comprimento, mas perdi em definição.

CONCLUSÃO: Sim, é possível deixar o cabelo secar solto, mas precisa cuidar muito da hidratação. Ele resseca mais rápido do que quando seca estilizado em penteados protetores como as tranças ou twists. Dois dias depois (sábado) estava mais embaraçado e um pouco mais ressecado que o habitual, então usei um tratamento noturno e trancei, o que recuperou parte da maciez no dia seguinte (domingo). Eu não faria isso, por exemplo, nos dias em que só lavo e condiciono, sem hidratar com máscaras. Como tenho muito cabelo, é preciso pelo menos 12 horas para secar. Repetirei o processo lavando pela manhã. Senti uma incrível liberdade não tendo que perder tempo com twists e tranças, só fiz mesmo porque não secou a tempo de ir dormir. E achei que ficou bom, apesar de encolher uns 75% do comprimento, o que é compensado pela boa definição.

EM TEMPO: esse teste foi feito na última quinta-feira, 14 de novembro de 2013. Espero que tenham gostado! Fiquem à vontade para usar os comentários.

Andréa da Luz

Bem-vindo ao Não Vivo sem Cosméticos, projeto da jornalista e engª química Andréa da Luz, no ar desde 2007. Acompanhe-nos também pelo Twitter, Facebook e Youtube!

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar