Não Vivo Sem Cosméticos

Você está aqui: Home Eu Testei Eu testei: Puma Yellow

Eu testei: Puma Yellow

21 Fev

Eau de toilette e desodorante são recomendados para depois da prática de esportes.

 

Comprei essa colônia após pesquisar bastante sobre fragrâncias para o verão. Eu queria algo bem refrescante, cítrico e gostoso de usar mesmo que estivesse calor. Pelas resenhas que encontrei, o Puma Yellow era bem cítrico, quase nada floral. E o preço era muito atrativo! Paguei R$ 35 por esse combo (Eau de toilette 40ml + desodorante aerosol 150ml grátis), na Sépha, e chegou muito rápido.

Em uma busca na internet, encontrei a descrição da fragrância e suas notas principais. Dizia: "Sinta todo o frescor após praticar um dos seus esportes favoritos com o Perfume Yellow. Extremamente energizante, enfatiza o brilho da mulher, além de marcar presença nos mais sugestivos momentos".

Pirâmide Olfativa
Topo: bergamota, frésia, amora e maçã.
Corpo: rosa, tagete, magnólia e violeta.
Fundo: cedro, iris, sandal, raiz de lírio e musk.

O QUE ACHEI:

Divulgação/NVSCA primeira impressão foi: "meu Deus, comprei um limão!". Mas eram as notas de topo, que evaporam logo nos primeiros segundos (não era limão, mas bergamota) e hoje já nem sinto mais esses acordes. Pensei e cheirei muito antes de resenhar, mas não consigo uma definição exata para essa fragrância. Ela é boa, mas eu esperava algo melhor, mais aberta e fresca e menos amadeirada e intensa. Se você gosta de cheiros intensos, pode se afeiçoar a ela, apesar da baixa fixação (ficou entre 2 a 3 horas na minha pele). O frasco é pequeno e cabe na bolsa, portanto dá para reaplicar durante o dia.

Após muito refletir, concluí que Puma Yellow não é para nosso verão (não para mim!). Ela não é adocicada ou gourmand, mas tem um aroma bem marcante. Sinto pouquíssimo de cítrico (só no comecinho mesmo), bastante floral e a madeira no fundo. Talvez seja esse amadeirado que me incomode um pouco, pois parece "esquentar" o perfume. Tanto que não consigo usar num dia quente de verão (nem à noite), com termômetros batendo os 35-38 graus Celsius. Não dá, me sufoca, fico com dor de cabeça e sinto ainda mais calor! Só posso utilizá-la em dias bem frescos, sem aquele clima abafado-sufocante. Enfim, comprei para o verão, mas vou usar no outono-inverno, hehehe. Eu não a compraria de novo porque acho que há perfumes frescos bem melhores, mas não quer dizer que seja ruim. Nota 8.

O desodorante tem um toque muito refrescante, acredito que seja devido ao álcool na formulação, fica geladinho quando borrifado na pele. Mas com o tempo, senti um ressecamento nas axilas.

Depois que seca, a fragrância parece meio atalcada (o que não sinto na colônia, apenas no desodorante) e não protege da transpiração. Repito: ele não protege durante a prática de atividades físicas, uma faxina na casa, um passeio de bicicleta... nada que provoque a sudorese. Ele não dá conta, deve ser por isso a recomendação de usar após a prática de esportes. Mas você pode usá-lo após um bom banho, quando tudo que fará depois é relaxar, passear de carro, tomar uns refrescos na happy hour. Só na vida mansa, hahaha.

Eu também não o compraria novamente porque decepcionou nos dois quesitos que acho mais importantes em um desodorante: proteção antitranspirante (bloqueio do odor) e fragrância agradável. Esse até tem um cheiro marcante, mas vai evaporando e se mistura ao cheiro de suor. Nota 6.

Andréa da Luz

Bem-vindo ao Não Vivo sem Cosméticos, projeto da jornalista e engª química Andréa da Luz, no ar desde 2007. Acompanhe-nos também pelo Twitter, Facebook e Youtube!

Comentários  

#1 Mesaque Dias Matias 17-06-2017 22:18
Não é uma colônia.
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar