Não Vivo Sem Cosméticos

Você está aqui: Home Eu Testei Testamos: Sabonete QOD Barber

Testamos: Sabonete QOD Barber

30 Set

Cosmético para público masculino tem fragrância cítrica e energizante para o banho.

Oi,pessoal! Compramos este sabonete em barra (clique na imagem ao lado para ampliá-la), feito para o público masculino, na loja Renner do Beiramar Shopping, aqui em Florianópolis, há alguns meses. Ele cheirava tão bem que resolvemos levar. E, claro, eu também tinha que usar para dar minha opinião, né?

Na embalagem, diz que o produto oferece uma limpeza energizante, promove espuma cremosa e refrescante com fragrância de limão siciliano, deixando a pele macia e hidratada.

Custou R$ 12,90/200g, lembrando que um sabonete "normal" tem em média 90g.

Vamos ver os ingredientes*:

- Sodium Tallowate (taloato de sódio, sebo, gordura derivada do tecido gorduroso do gado ou ovelhas, combinado com um álcali, como o hidróxido de sódio, saponifica e vira sabão), antiespumante e emoliente;
- Sodium Palm Kernelate** (derivado do óleo de palma, função de limpeza)
- Sodium Chloride (Cloreto de sódio, sal de cozinha, usado como agente conservante, adstringente ou antisséptico)
- Glycerin (glicerina, agente umectante que ajuda a pele a reter umidade)
- Sodium Hydroxyde (soda cáustica, agente de saponificação)
- Tetrasodium EDTA (conservante, sequestrante)
- Etidronic Acid** (agente quelante que em contato com a água sequestra metais como cálcio e ferro; ajuda a manter a estabilidade da formulação uma vez que sequestra radicais livres que podem vir a degradar os ingredientes ativos).
- Acqua (água)
- Zea Mays Starch** (amido de milho, dá consistência às formulações e absorve oleosidade excessiva)
- Parfum
- Decyl Glucoside (decil glicosídeo, agente de limpeza suave e formador de espuma)
- Paraffinum Liquidum (parafina líquida, derivada do petróleo é considerada inofensiva para a pele, mas se tiver impurezas pode causar irritações, eczemas e outros problemas cutâneos)
- Octyldodecanol (octildodecanol, é um álcool emoliente e condicionante)
- BHT (hidroxitolueno butilado, antioxidante, conservante e mascarador de odores)
- Titanium Dioxide (filtro solar físico)
- corantes
- citral (constituinte dos óleos de limão, capim limão,etc); citronellol (constituinte do óleo essencial de eucalipto); hexyl cinammal (fragrância de odor semelhante ao jasmim); limonene (derivado do óleo de limão); linallol (componente fragrante da alfazema e do coentro) - fragrâncias.

*Pesquisados no Dicionário de ingredientes para cosmética e cuidados da pele, Ed. Senac, 3a. edição.
** Pesquisados na internet.


O QUE ACHAMOS: Em primeiro lugar, o que nos levou à compra foi o cheiro maravilhoso deste sabonete e também a embalagem que é bem original, com desenhos que remetem à ilustração botânica, em papel acartonado. Muito bonita! Mas o conteúdo, que é o mais importante, infelizmente deixou a desejar.

Apesar de a fragrância invadir todo o banheiro e deixar o banho mais gostoso (aromaticamente falando), o sabonete é muito abrasivo. Após 3 dias tomando banho com ele, eu desisti, pois minha pele ficou extremamente ressecada. A do meu filho começou a coçar (este não é um sabonete infantil, ok? Meu filho tem 4 anos e meio e quis experimentar o sabonetão gigante e cheiroso, por isso deixei usar em alguns dias alternados e depois suspendi). E meu marido também reclamou do ressecamento da pele (mas usou até o final).

Sabonete QOD Barber Shop/NVSCPara comprovar a falta de poder de hidratação do produto, listei todos os ingredientes acima e podem ver que não há presença de óleos nem manteigas vegetais que certamente adicionariam ativos emolientes e hidratantes à formulação. Também tirei uma foto de como ficou o sabonete após alguns dias no box: rachou, exatamente como acontece com alguns sabões de limpeza quando expostos ao ar!

E outra coisa, "por trás" do aroma de limão senti cheiro de sabão. Sim, de sabão de lavar roupa, aqueles comuns em barra. Isso me incomodou um pouco. E possui parafina líquida, derivado de petróleo que costumo evitar na composição de cosméticos por não ser uma matéria prima de fonte renovável.

Resumindo, não gostei, nem compraria novamente esse produto. Acho que o "apelo de marketing" não condiz com a real performance e qualidade do sabonete. Na minha singela opinião, seria melhor retirar os derivados de petróleo e de gordura animal e incluir mais ingredientes naturais vegetais, como óleos e/ou manteigas oriundos da riquíssima flora brasileira. Esses ingredientes com certeza poderiam proporcionar uma verdadeira sensação de hidratação e maciez,além de trazer ativos naturais que são mais condizentes com o apelo visual do cosmético. 

Não aprovei.

E você? Já usou? Tem uma opinião diferente? Comente aqui para ampliarmos a discussão.

Beijo a todos e até a próxima resenha!

Andréa da Luz

Bem-vindo ao Não Vivo sem Cosméticos, projeto da jornalista e engª química Andréa da Luz, no ar desde 2007. Acompanhe-nos também pelo Twitter, Facebook e Youtube!

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar