Não Vivo Sem Cosméticos

Você está aqui: Home Eu Testei Hidratação Intensiva Anti Quebra

Hidratação Intensiva Anti Quebra

05 Dez

Tratamento com óleo de coco e biotina destina-se a fortalecer os fios frágeis e com quebra.

A quarta resenha da série #UMARESENHAPORDIA traz os resultados deste creme da Nazca, que comprei há uns meses e já terminou. Optei por ele quando vi a composição e também porque queria algo para fortalecer os fios, que estavam (mais uma vez!) quebrando e caindo, sem gastar demais.

Custou cerca de R$ 8 (1kg).

Na descrição: Origem Hidratação Intensiva Anti Quebra é um tratamento que proporciona máxima hidratação para os cabelos frágeis e com quebra. Sua formulação é enriquecida com Óleo de Coco e Biotina que restaura o bulbo capilar, fortalece os fios fracos e auxilia na prevenção da quebra. Resultado em 3 minutos. Possui também Vitaóleos plus: um blend de óleos vegetais, composto por óleo de girassol, coco, oliva, lino, abacate, argan e macadâmia. Rico em vitaminas A, D, E que proporcionam hidratação, reparação e proteção aos cabelos, além de possuir propriedades antienvelhecimento dos fios.

Não possui parabenos, sal (cloreto de sódio), nem corantes. Porém traz petrolato e dimethicone (silicone), não sendo indicado para as rotinas no e low poo.

Deve ser aplicado após lavar os cabelos, em toda a extensão dos fios, massageando e desembaraçando. Deixar agir de 3-5min e enxaguar bem.

Na imagem abaixo: 1- textura do produto; 2- após enxágue da hidratação, sem finalizar; 3- dia seguinte à hidratação.

Divulgação/NVSC

O QUE ACHEI: A textura é bem molinha, mas não desembaraçou meu cabelo (precisa de pente, só o enluvamento não desfaz os nós) e deixou com bastante frizz. Sei que o efeito frizado é dele porque testei com vários xampus e leave in diferentes.

Ele dá mais volume, especialmente na raiz, e vai aumentando nos dias após o uso, enquanto a definição dos cachos vai reduzindo. O cheiro é forte, lembra remédio ou babosa, não sei bem, e permanece nos fios embora mais suave. No entanto, levei mais em consideração a ação dele no cabelo e o resultado nos dias posteriores em termos de hidratação e fortalecimento.

Com tantos óleos na formulação achei que o cabelo ia ficar com aspecto bem nutrido e macio, mas o cabelo fica mais "durinho" ou rígido do que propriamente macio. Apesar disso, ele é eficiente em relação à quebra. Com o uso mais seguido, meu cabelo parecia mais forte e quebrando bem menos.

Se o seu cabelo não for extremamente seco, vale a pena para tratamento, intercalando com outros produtos mais potentes na hidratação e nutrição. Eu o incluiria na etapa reconstrução (cheguei a misturar com babosa e óleo de oliva e o deslizamento foi melhor), ainda assim se o cabelo sofrer com ressecamento recomendo adicionar algum óleo para dar brilho e mais maciez ao fio.

Cumpre sua proposta principal que é prevenir a quebra, mas o aspecto final não é de um cabelo bem hidratado. A partir do segundo dia da hidratação o fio volta a ficar com toque áspero e ressecado. Nota 7,5.

Andréa da Luz

Bem-vindo ao Não Vivo sem Cosméticos, projeto da jornalista e engª química Andréa da Luz, no ar desde 2007. Acompanhe-nos também pelo Twitter, Facebook e Youtube!

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar