Não Vivo Sem Cosméticos

Você está aqui: Home Eu Testei Nutrisse Cachos Poderosos

Nutrisse Cachos Poderosos

15 Mar

Coloração para todos os tipos de cachos, promete cabelos nutridos e definidos, com melhor cor.

Olá, na resenha de hoje vou falar sobre a coloração umectante Nutrisse Creme Cachos Poderosos, lançamento exclusivo para cabelos cacheados. As novidades ficam por conta de um Sérum Protetor Antiquebra, que segundo a marca funciona como um tratamento pré-coloração, para aplicar nos cabelos secos antes da tintura. Serve para desembaraçar os fios e formar uma película protetora contra a agressão da tinta. E também um sachê com o Leave in Recriador de Cachos para finalizar o penteado, recriando cachos.

Paguei R$ 45 em duas caixas do produto, pois tenho muito cabelo. O objetivo era cobrir os brancos e dar uma cor luminosa, um preto brilhante, por isso escolhi a nuance 2.1 Preto Azulado. Na caixa vem 1 Sérum Protetor 12ml, 1 Tintura 45g, 1 Creme Revelador (água oxigenada) 67,5ml, 1 Tratamento Blindagem Nutritiva 20ml e 1 Leave in Recriador de Cachos 20ml.

O QUE ACHEI: Nem tudo que reluz é ouro! Esse ditado se aplica bem aqui. Embora parecesse um super produto, não aprovei nem recomendo essa tintura para fios crespos, tipo afro. Já explico o porquê.

No começo gostei e até postei foto no Instagram. Achei que ficou mais cacheado no dia seguinte (day after), porém no segundo dia já notei mais ressecado. A cor ficou mais escura, claro, mas de imediato após enxaguar não vi nenhum efeito preto azulado, parecia ter pintado com um castanho escuro. Achei estranho, mas podia ser neura minha... Fiz reconstrução e várias nutrições antes de pintar, mas depois de 15 dias, meu cabelo estava muito ressecado e meio desbotado (mesmo fazendo hidratação, nutrição e usando apenas cowash). Só usei xampu com sulfato uma vez e após 15 dias da tintura. Longos fios brancos começaram a aparecer pelo meio da cabeça (não era na raiz, era no comprimento mesmo!) e creio que por aí começou a quebra...

Não sei dizer com precisão o que ocorreu, mas acredito que o sérum impediu a tinta de penetrar homogeneamente no cabelo porque além do rápido desbotamento, ficou muito manchado (algumas partes mais "pintadas" do que outras) e com reflexos avermelhados como se eu tivesse usado um castanho e estivesse meses sem pintar. Algumas regiões estão mais escuras, outras mais claras e desbotadas (ver foto abaixo).


Eu já tinha umas "entradas" nas têmporas onde meu cabelo praticamente definhou no pós parto (há 5 anos!) e voltou a cair em 2016 num período de muito estresse, mas já tinha melhorado bastante quando pintei. O interessante é que toda a parte da frente quebrou, não foi apenas ali nas "entradas". Agora estou lutando para reativar o crescimento capilar nessas áreas e fortalecer os fios.

Se foi a tintura que causou tudo isso? Pouco provável, mas acredito que a quebra sim foi ocasionada pelo produto porque eu não tinha mais cabelo quebrando, ele estava inclusive voltando a crescer. Péssima hora para usar tintura, eu sei, mas os fios brancos estavam me incomodando demais... Paciência, a pressa é inimiga da perfeição. Agora é todo um trabalho de recuperação para poder pintar com o produto que eu confio de novo (lá pelo meio do ano...) :/

Nota 5. Não compro mais e não recomendo.

Andréa da Luz

Bem-vindo ao Não Vivo sem Cosméticos, projeto da jornalista e engª química Andréa da Luz, no ar desde 2007. Acompanhe-nos também pelo Twitter, Facebook e Youtube!

Mais nesta categoria: « Eu testei: Anti-Aging Balm

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar